• posto 138
  • pref na286

15/04/2013 08h23

Mulher grávida é degolada por motivo de ''honra''

AFP

Imagens: AFP


Uma mulher de cerca de 20 anos, grávida de quatro meses, foi selvagemente assassinada e teve seu corpo incinerado, informou a polícia, acrescentando que o caso pode se tratar de um "crime de honra".

 

"Achamos o corpo da mulher em Ruseifeh (leste de Amã). Sua garganta estava cortada de maneira horrível. O corpo foi incinerado depois do assassinato", afirmou o porta-voz da polícia.

 

"Achamos que se trata de um crime de honra. O ventre da mulher foi aberto e se podia ver uma criança de quatro meses, também morta. Uma investigação foi aberta", indicou.

 

Na Jordânia, entre 15 e 20 mulheres são assassinadas todos os anos por membros de sua família, que evocam razões de honra, segundo as autoridades.

 

O assassinato é punido com pena de morte no país, mas nos crimes de honra, os tribunais se mostram clementes.



veja também


  • Cristal Tur194


0 Comentários

AVISO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal da Nova. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.
O Jornal da Nova pode retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


PUBLICIDADE
  • Wilson Endo Moto6
  • copana144
  • agro65
  • RL283
  • madeforro22
  • nova flex80
  • Galo Tintas68